Organisation

De 13 a 16 de dezembro de 2018, fomos 200 pessoas, vindas de diferentes regi√Ķes da Europa, √Āfrica, Am√©rica Latina e √Āsia, para nos encontrarmos durante a primeira √Āgora dos Habitantes da Terra em Sezano, uma aldeia italiana, perto de Verona.

Convencidos de que nada justifica a desigualdade no direito √† vida e que, como seres humanos, somos coletivamente respons√°veis ‚Äč‚Äčpor viver bem juntos na Terra, embarcamos assim no caminho da celebra√ß√£o de um “pacto da humanidade” que tornar√° ilegal a produ√ß√£o deliberada de pobreza e devasta√ß√£o ecol√≥gica atrav√©s da mercantiliza√ß√£o dos bens comuns, finan√ßas desumanizadas e armas de guerra.Desde ent√£o, nosso movimento tem realizado in√ļmeras a√ß√Ķes: organiza√ß√£o de campanhas globais, reda√ß√£o e publica√ß√£o de carta branca, cartas abertas e peti√ß√Ķes, realiza√ß√£o e divulga√ß√£o de contribui√ß√Ķes art√≠sticas comprometidas, desenvolvimento de projetos de educa√ß√£o permanente e encontros de mobiliza√ß√£o, elabora√ß√£o de um projeto de uma Carteira de Identidade Mundial “Habitante da Terra”, cria√ß√£o de um site…

Depois de dois anos de atividades e experi√™ncias particularmente ricas e estimulantes, acreditamos que nossa associa√ß√£o est√° alicer√ßada em bases s√≥lidas e suficientes para institucionalizar formalmente nosso projeto. No dia 25 de janeiro de 2021, nosso movimento se deu um instrumento de gest√£o: a associa√ß√£o “Agora des Habitants de la Terre”, uma associa√ß√£o sem fins lucrativos de direito belga sob a presid√™ncia de Riccardo PETRELLA.